RSS

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Dama de luxo

Copo-de-leite escorre
morre vivaz na peônia
sonho impresso no olfato
lato, meu céu chega logo

Adoro teu ser,
gemer cor-de-rosa
que pago tão caro;

Destino tão raro:
meu corpo que goza
teu mel, prostituta!
Blog Widget by LinkWithin

0 manifestações:

Postar um comentário

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...