RSS

terça-feira, 5 de julho de 2011

Trepando no pessegueiro



O pêssego vou comer,
sorver sob as tuas anáguas
das babas fruto das pétalas
homéricas provo o efêmero.

Arrancar melífluas
pulsações harmônicas,
esplendor do mágico

é sentir-se máximo
em paisagens sônicas,
melodia frutosa.

Blog Widget by LinkWithin

0 manifestações:

Postar um comentário

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...